Audiência Publica do Parque Industrial do Vale do Aço.

A Fundação Relictos participou, nesta sexta feira, da Audiência Publica  de apresentação  do Relatório de Impacto Ambiental – RIMA do  Parque Industrial do Vale do Aço a ser construído no Horto Baratinha, Coronel Fabriciano - MG pela Pedreira Um Ltda. A reunião ocorreu no campus da UNILESTE MG.

O empreendimento, que conta com a parceria da Prefeitura Municipal, localiza-se no Km 270 no anel viário de contorno em Coronel Fabriciano, Estado de Minas Gerais, na margem direita da rodovia BR-381, ocupando uma área total de 90,14 ha. Está inserida no bioma Mata Atlântica e é definida como Zona de Interesse Econômico – ZIE-1, no Plano Diretor do Município.

A audiência publica faz parte do processo de Licenciamento Ambiental junto ao 

Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Minas Gerais – SISEMA, e foi conduzida pela Superintendência Regional de Regularização Ambiental Leste Mineiro – SUPRAM-LM sediada em Governador Valadares-MG.

A Fundação Relictos, que participará do processo de aprovação das licenças ambientais no COPAM LM, parabenizou os empreendedores pela iniciativa e expos sua preocupação com a proteção ao ribeirão Cocais Pequeno e com a coleta e o tratamento dos efluentes que serão gerados pelo empreendimento.

Entendemos que áreas industriais planejadas, ambientalmente corretas e de acordo com os  planos municipais e metropolitanos são bem-vindas e necessárias. Os impactos ambientais decorrentes destes empreendimentos devem ser corretamente identificados e ações para controla-los ou minimizados devem ser implantadas. Desta forma teremos empreendimentos Sustentáveis, apoiados no tripé Social, Econômico e Ambiental numa abordagem igualitária.

 

Relictos participa da Audiência Publica do Parque Industrial do Vale do Aço.

Data: 28 / 09 / 2014.