O rio Doce tem como principal formador o rio Piranga, cuja nascente localiza-se na Serra da Mantiqueira. Ao receber as águas do rio do Carmo, o rio Piranga passa a se chamar rio Doce. Suas águas percorrem cerca de 853 Km desde a nascente até o oceano Atlântico, no povoado de Regência, no Estado do Espírito Santo.

A bacia do rio Doce compreende uma área de drenagem de cerca de 83.400 Km², dos quais 86% do seu território localizado na região centro-leste do Estado de Minas Gerais e o restante na região centro-norte do Espírito Santo. São 228 municípios abrangidos, sendo 202 em Minas e 26 capixabas compreendendo uma população da ordem de 3,1 milhões de habitantes. Cerca de 98% da sua área está inserida no Bioma Mata Atlântica, sendo o restante pertencente ao Bioma Cerrado.

Em termos de potencial hidroelétrico, a bacia do rio Doce tem uma expressiva capacidade de geração de energia elétrica de, aproximadamente, 4,055 MW, sendo 320 MW instalados, 18 MW em construção, 282 MW em projetos básicos, 300 MW em estudos de viabilidade e 3.029 MW inventariados. Na bacia, a água é captada do rio para satisfazer quatro usos principais: irrigação, uso industrial, abastecimento público e energia elétrica. 

SITUAÇÃO ATUAL DOS RIOS

Atualmente os rios da Bacia do Rio Doce em Minas Gerais são monitorados em 9 estações com transmissão automática dos dados. A avaliação da situação das cotas dos rios, em 06/01/2015 nestas estações apresenta o seguinte panorama:

Estação no Rio Doce, no município de Belo Oriente, apresenta-se dentro da normal, ou seja, encontra-se na cota 63 cm.

Estação no Rio Doce, no município de Córrego Novo, apresenta-se dentro da normal, ou seja, encontra-se na cota 186 cm.

Estação no Rio Doce, no município de Governador Valadares, apresenta-se em situação de déficit, registrando a cota de 122cm, ou seja, 97% do intervalo de cotas considerado normal1.

Estação no Rio Piranga, no município de Ponte Nova, apresenta-se dentro do normal, registrando a cota de 128cm.

Estação no Rio Piracicaba, no município de Coronel Fabriciano, apresenta-se dentro da normal, ou seja, encontra-se na cota 49cm.

Estação no Rio Santo Antônio, no município de Açucena, apresenta-se dentro da normal, ou seja, encontra-se na cota 214cm.

Estação no Rio Piracicaba, no município de Nova Era, apresenta-se em situação de déficit, registrando a cota de 52 cm, ou seja, 96% do intervalo de cotas considerado normal2.

Estação no Rio Caratinga, no município de Ubaporanga, apresenta-se dentro da normal, ou seja, encontra-se na cota 38cm.

SITUAÇÃO ATUAL DO RESERVATÓRIO  DA USINA PORTO ESTRELA

A usina hidrelétrica Porto Estrela está localizada entre os municípios de Joanésia e Açucena, em Minas Gerais no Rio Santo Antônio na bacia do Rio Doce. A capacidade total de armazenamento da usina é de 99 milhões de m³, seu volume morto é de 65,9 milhões de m³ e seu volume útil é de 33,1milhões de m³. Porto Estrela é administrado pela Cemig e a energia gerada é entregue ao Sistema Interligado Nacional – SIN, com operação coordenada pelo Operador Nacional do Sistema.

Porto Estrela está atualmente com 90% de sua capacidade total e apenas 68,88% de seu volume útil.

PRECIPITAÇÕES NA BACIA DO RIO DOCE

O período chuvoso em Minas Gerais esta compreendido entre os meses de outubro a março e apresenta três regiões distintas sob o aspecto do acumulado de chuva:

Nordeste do estado, onde os valores de acumulado de chuva devem ficar em torno de 800 mm no período;

Região Central entre 800-1200 mm no período;

Região Sul do Estado e Campo das Vertentes e Parte do Vale do Paranaíba com chuva acima de 1200 mm no período.

Analisando os dados de precipitação para as estações chuvosas dos últimos 36 anos, observa-se uma tendência de diminuição da precipitação ao longo dos anos e que na ultima década as chuvas estiveram abaixo da Normal Climatológica em 5 anos.

O total de chuvas nos dois últimos períodos chuvosos (2012/2013 e 2013/2014) esteve abaixo da normal climatológica em quase todo o estado, sendo estes anos classificados como “muito seco a levemente seco”.

Período chuvoso 2012/2013 com valores abaixo da normal climatológica nas regiões abrangidas pela bacia do Rio Doce no estado de Minas

Fonte: Informativo IGAM – Bacia do Rio Doce Janeiro 2015.

Situação atual dos rios da Bacia do Doce  em MG.

Data: 11 / 01 / 2015.

Rio Piracicaba em Antônio Dias - MG . 

Rio Doce - Cachoeira de Santana , Revés do Belém - MG. .