Em carta  dirigida à Diretora Geral do Instituto Estadual de Florestas de Minas Gerais, Adriana Araujo Ramos, a Diretoria do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Piracicaba – MG, preocupada com os impactos sobre a biodiversidade aquática provocados pela tragédia ambiental que se abateu sobre a Bacia do Rio Doce, causada pelo rompimento da barragem de rejeitos da mineradora SAMARCO e, tendo consciência da importância para a recuperação do Rio Doce dos remanescentes da ictiofauna que procuraram abrigo na Bacia Hidrográfica do Rio Piracicaba, solicitou do IEF as seguintes providencias:

1. Suspensão imediata da Pesca Amadora e Profissional em toda a Bacia do Rio Piracicaba;

2. Implantação imediata de um Programa de Conservação da Ictiofauna, preservando as espécies que procuraram refúgio nos rios e ribeirões afluentes;

A Diretoria do Comitê acredita que somente  a soma dos esforços poderá trazer soluções mais concretas e positivas nas resoluções dos problemas enfrentados pela Bacia do Rio Doce  e se coloca à disposição para esclarecimentos, aprofundamento das recomendações aqui apresentadas e na colaboração para a elaboração de ações efetivas em todos os níveis.

 

 

 

Comitê do Rio Piracicaba solicita Suspensão da Pesca na Bacia

Data: 06 / 02 / 2016.

O Comitê do Rio Piracicaba MG , preocupado com a preservação da ictiofauna do Bacia.

 Na Foz do Rio Doce população tenta salvar exemplares da ictiofauna .